Por que você deveria registrar sua marca o quanto antes

A cada dia que passa cresce o número de empresas no Brasil. Entretanto, várias delas não possuem registro, ou seja, exercem atividades com marcas as quais não estão formalizadas. Pessoas jurídicas que perdem benefícios como a segurança de suas criações, e que fogem dos padrões da lei.

A marca é um meio de nomear e divulgar uma unidade a qual tem com o objetivo atrair clientes para que estes venham consumir de algum modo tais produtos. A logotipo tem o poder não só de divulgar mas também trazer sucesso para aqueles que estão administrando. Por este motivo, há uma grande importância no registro da mesma, a fim de que ela venha ser protegida por terceiros, isto é, para que outros não venham adotar a mesma ideia. De acordo com o artigo 123 da LPI, ´´marca é o sinal distintivo visualmente perceptível que identifica, direta ou indiretamente, produtos e serviços´´ o mesmo descreve que há três tipos de classificação de marcas as quais são, marca de certificação, marca coletiva e marca de produto e serviço. Todas as três possuem uma função distinta, porém, todas são necessárias registra-las. Além da importância do registro da logo, ela fornecerá benefícios como, a empresa poderá contratar funcionários e poderá obter crédito em bancos e em lojas e terá a proteção de autorias e de sua imagem.

Segundo o Exame.com  indica as formas corretas de registro de marcas conforme a lei. primeiramente é necessário verificar a marca se ela pertence a terceiros, logo após, apresentar um pedido de registro no sistema de e-INPI, o qual disponibiliza o acesso do serviço, pois, esse processo é obrigatório para toda pessoa jurídica, o terceiro passo o interessado deve consultar uma tabela a qual indica o valor a ser recolhido, ou seja, o imposto ( GRU – guia de recolhimento da união) é importante sempre ficar atento, toda pessoa jurídica possui o direito a um desconto, recomenda-se sempre ficar atendo nas alterações do GRU. Após efetuar a petição o requerente deve realizar o download dos formulários e logo em seguida preenche-los. Será emitido um protocolo. Verificar-se-á o pagamento do mesmo, e a correção dos dados informados, se houver alguma inadimplência será formulada exigência formal para o saneamento do pedido. O interessado terá até cinco dias para regularizar contados a partir do primeiro dia útil após à data da referida publicação.

Ao registrar uma marca o interessado estará estabelecendo um direito de posse sobre algo, obterá um direito de exerce-la em todo território nacional. Na e-marcas.com.br aborda que, ao registrar uma logo, o titular estará evitando usar uma marca já ativa e além disso impedira que outro a possua. O registro é um meio de formalizar uma unidade e proteger aquilo que te pertence. Quando antes o titular procurar se formalizar melhor, pois, além de evitar certos constrangimento com a lei, ele estará blindando algo inédito e único o qual ele criou. Este será digno de usufruir benefícios como crediário, mesmo que seu CPF esteja negativado, é uma vantagem para quem deseja a cada dia aprimorar e proteger seu negócio.

 

 

January 12, 2017

Posted In: Recentes